Home
Tony Carreira

Tony Carreira


Tony Carreira, seu nome completo António Manuel Mateus Antunes natural de Pampilhosa da Serra, nasceu a 30 de Dezembro de 1963 é um cantor de música romântica portuguesa, muito popular entre as comunidades portuguesas de emigrantes em França e também em Portugal.

Em 2016, Tony Carreira foi condecorado pelo governo francês com a medalha de Cavaleiro da Ordem das Artes e das Letras.

O nome artístico Tony Carreira foi escolhido em 1988, numa sessão de gravação em estúdio do seu primeiro disco, pelo seu produtor francês Patrick Oliver. Nesse ano tinha participado no Prémio Nacional de Música, na Figueira da Foz, com a canção "Uma Noite A teu Lado", onde foi uma das oito canções seleccionadas, com vista a escolher uma para o Festival RTP da Canção desse ano. Foi editado pela editora Transmédia o single com as canções "Uma Noite A Teu Lado" e "Amanhã". Grava novo single com as faixas "Uma Flor Vai Ficar" e "Aprender A Viver" em 1989.

Assinou contrato discográfico, em 1990, com a Discossete, por três anos. O primeiro disco para essa editora foi gravado em 1991, com o título É Verão Portugal. Uma das canções do disco, dedicada ao seu primeiro filho, chamava-se "Meu Herói Pequeno". O tema passou muitas vezes na rádio, por especial intervenção do apresentador Carlos Ribeiro, tornando-se um grande sucesso.

Gravou novo disco em 1992, com o nome Canta Canta Portugal, sem assinalável sucesso, o que conduziu ao fim do contrato com a editora.

Celebrou contrato com a editora Espacial em 1993. Gravou o disco Português de Alma e Coração. Umas das canções do álbum era "A Minha Amiga", tendo obtido um grande êxito, que permitiria a este trabalho chegar a disco de ouro. Nesse mesmo ano, conheceu Dino Meira, de quem se tornou grande amigo. A este popular cantor dedicou a canção "Adeus Amigo", editada no ano seguinte, após o seu desaparecimento.

A canção "Ai Destino", gravada em 1995, tornou-se um êxito estrondoso e marcou definitivamente o estilo romântico que caracteriza a sua obra.

Mais um disco de platina, em 1996, com o álbum Adeus Até Um Dia. Participou também, nesse ano, na gravação do disco Mãe Querida, no qual participam muitos outros cantores da editora.

Econtre artigos interessantes sobre este e outros artistas famosos na Revista Digital Plena Idade.

Partilhe na sua rede social preferida:
FacebookTwitterGoogle+LinkedInPinterest

In: